Twitter - Anglicana Comunhão Facebook - Anglicana Comunhão Youtube - Anglicana Comunhão

Artigo

Em Prol da vida, sempre por ela (18/02/2016)

Compartilhe  


Fonte: Diocese

Em Prol da vida, sempre por ela..

A vida é um dom de Deus e somente Ele pode dizer o que fazer com ela, em todos os níveis.

A Igreja Anglicana Diocese de Recife assume como sagrado o sopro da vida e a existência em qualquer momento. A fé cristã entende pelas Escrituras Sagradas do Novo e Antigo Testamento que tirar a vida de um ser humano será sempre um pecado, comumente chamado de assassinato.

O descaso de um governo e a ausência de políticas públicas intencionais fruto da ausência de vontade e iniciativas politicas com a saúde pública é a causa dos avanços de doenças que hoje causam talvez a maior crise de saúde do Brasil em toda sua história. A falta de participação e ajuda popular é também resultado de uma política de educação pífia que leva o Brasil a se manter entre as dez piores nações em desempenho educacional do globo, mas, que mesmo assim, insiste em manter uma campanha de mídia onde se auto intitula “uma pátria educadora”. A falta de humildade e honestidade de nossos governantes os incapacitam a reconhecerem sua incompetência em fazer o gigante de fato acordar.

Politicas abortivas não são a solução, assim como campanhas de esterilização em massa não o foram no passado em algumas nações que ainda hoje continuam superpopulosas e pobres. Alguém escreveu um texto interessante que citamos abaixo

Você que é deficiente visual, auditivo ou cadeirante, sofre com a falta de estrutura das ruas, lojas, escolas e etc. você sofre com a falta de consciência das pessoas, entidades e governos;
Você que é homossexual, bissexual ou prostituta, sofre com o preconceito, discriminação, exclusão e agressão. Você sofre com a não aceitação e com a falta de educação das pessoas.

Você que é julgado como ladrão, delinquente, marginal ou assassino, sofre com a discriminação e com o pré-julgamento de um erro cometido do qual já se arrependeu.
Todos vocês, são assim, porque escolheram ou porque aconteceu algo na vida de vocês que lhes trouxe a isso. Vocês tiveram chances e se quiserem, terão muitas outras chances para mudar ou continuar vivendo dignamente, como qualquer pessoa no mundo.
Mas eu não terei essa chance porque fui abortado! ”

Eu tinha microcefalia, mas queria viver, crescer em uma família e ser amado como tantas outras crianças iguais a mim, ver a luz do dia e as estrelas, o mar e as florestas, a beleza da vida tão rica e valiosa. Eu estava ali, no ventre de minha mãe, na expectativa de vir à luz..., mas algo veio brutalmente e me puxou, sugou, triturou... fui assassinado e disseram que era para o bem de todos... bem, nem de todos porque eu queria viver e me tiraram a vida

Desta Forma, enquanto clero da Igreja Anglicana-Diocese de Recife, exigimos que os governos em todos os níveis, especialmente o Governo Federal, tenha a nobreza de dar a população as informações mais precisas possíveis e, repudiamos os cortes nos orçamentos em saúde pública e infraestrutura ao passo que se mantém os orçamentos bilionários em fundo partidários e outros fins que fogem de qualquer senso de urgência, urgência essa para a qual entendemos que os líderes da nação deveriam estar atentos neste momento.

Cobramos de nossos governantes grandeza e espírito público, respeito e consideração com a população sofrida, que os colocou no comando da nação.

Revmos. Bispos

+Miguel Uchoa +Flavio Adair +Evilásio Tenório

Bispo Diocesano
Bispo Sufragâneo (região Eclesiástica I)

Bispo Sufragâneo (região Eclesiástica II) 

Desenvolvido por Visual Slim